• Ranna Carla

Otoplastia




A estética tem um papel importante na saúde emocional de cada pessoa. A simetria, do rosto, das orelhas, as proporções dos seios, quadris, peso e altura podem mexer com a auto estima do indivíduo de uma forma que leva a sérios problemas para sua saúde emocional, prejudicando também a saúde física.

Hoje vamos falar um pouco de como as pessoas podem se sentir com as orelha em abdução (proeminentes).


Quais as principais queixas que levam a pessoa a optar pela OTOPLASTIA?


Umas das principais buscas pela Cirurgia na Orelha é a conhecida "Orelha de Abano", que é uma proeminência dita como exagerada das Orelhas.

Geralmente os apelidos e “brincadeiras” começam ainda na infância e podem significar um severo obstáculo na autoestima de muitas crianças, adolescentes e adultos. Nos casos mais graves, se configura na perigosa prática de bullying.

Algumas pessoas, podem ter tamanhos diferentes entre a Orelhas, ou algumas deformidades em seus contornos. Outras sofrem acidentes de carros, mordidas de cachorro... existem vários motivos que levam pessoas para a mesa cirúrgica.


________________________________________________________________________



A partir de qual idade pode fazer essa cirurgia?

A idade ideal para realização da otoplastia é a partir dos 7-8 anos.





________________________________________________________________________



Como é o pré-operatório?


Serão solicitados alguns exames de sangue para verificar se a saúde do paciente está em ordem. O eletrocardiograma também é imprescindível. Se os exames estiverem todos normais, o cirurgião faz algumas fotografias para o uma comparação após a cirurgia.


Quais as restrições para a realização dessa cirurgia?


Pacientes com risco cirúrgico alto não podem ser operados. Como por exemplo: portadores de doença cardíaca, anemias severas e problemas de coagulação.


Como funciona a cirurgia?


Primeiro o paciente recebe uma anestesia local, e em geral depois são sedados. Crianças recebem anestesia geral.

Para “fechar” a extremidade, o médico faz um corte atrás dela e descola a pele. Em seguida, modela a orelha, desenhando as reentrâncias e saliências na cartilagem. O cirurgião então corta a pele que sobra e sutura a orelha. Todo o procedimento dura aproximadamente 2h e a pessoa é liberada no mesmo dia.

A dor vai estar presente apenas durante a aplicação da anestesia. Caso sinta algum incômodo (no caso de não estar sedado) durante os procedimentos, você pode pedir ao médico para reforçar as aplicações.


Funciona mesmo?


Sim! E o resultado costuma surpreender, já que a cicatriz fica quase invisível e as orelhas ficam com a localização, forma e angulação mais harmônicas.


Quais os cuidados do pós operatório?


Agora que está em casa o paciente deverá usar por pelo menos um mês a faixa de compreensão. Essa faixa deve ser usada 24 horas por dia, podendo retirar rapidamente na hora de tomar banho. Isso é necessário para que as orelhas não voltem para posição de abano durante o processo de cicatrização.






________________________________________________________________________


O mais importante é que a cirurgia, principalmente quando estética, seja uma opção única e exclusiva do paciente. O paciente deve sanar todas as dúvidas e procurar um Cirurgião de confiança, assim como ter certeza da procedência da clínica e dos equipamentos que serão utilizados na hora da cirurgia. Toda as medidas de proteção física e psicológica devem ser adotadas ao optar pelo procedimento cirúrgico.


Esse artigo te ajudou? Tem mais alguma dúvida? Deixe aqui nos comentários que a Dra. Cristine Matos pode responder para você!

59 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo